terça-feira, 15 de março de 2011

VIDA DE ESTUDANTE


"Vê-se primeiro um mar de pedra... depois aparecem os morcegos vestidos de negro que teimam em nos atormentar... surge o ritmo alvanorte de uma nova etapa na vida e aos poucos, encontramo-nos rodeados de amigos, que quando tudo chega ao fim, se tornam nas mais difíceis despedidas!"

"Todos os anos são muitos os jovens, que depois de anos de muito esforço e luta por um lugar na tão prestigiosa universidade, colocam mochila às costas e partem rumo a novas cidades. Partem em busca de um sonho, na ambição de um futuro compromissor... para trás ficam a família, os amigos e demais conhecidos e vizinhos que os viram nascer e crescer.
A partida nem sempre é fácil, principalmente quando se tem que abdicar de um mundo até aí conquistado, a coragem e rebeldia de ir em busca de um mundo novo e desconhecido, muitas vezes dá lugar ao medo e à angústia daquilo que os espera.
Na força da juventude, com coragem para enfrentar o Além assim chegam a terras desconhecidas, sozinhos num universo que tem tanto de aliciante como de duvidoso.
Passam grandes portões e verificam uma realidade até então desconhecida, percebem no entanto, que irá ser aí onde vão passar os melhores anos da sua vida. Conhecem mais jovens na mesma situação, em conjunto se tornam aliados, em conjunto são tratados por "bichos", por aqueles que os obrigam a cumprir as regras e fazem deles motivo de diversão, são os chamados "doutores". Rogam-lhes muitas pragas, por aquilo que lhes fazem... "a famosa praxe"...e no fim, acabam por os adorar e ter saudades de todos os momentos passados. Percebem o quanto eles foram importantes... aprenderam a viver em solidariedade, deixaram para trás "esquisitices" e perceberam o quanto é importante a união... no desfecho compreendem o quanto cresceram.
De caloiros chegados ao mundo universitário, facilmente se integraram, amigos fizeram, noitadas viveram, alegrias partilharam, angústias repartiram...e assim viveram, entre exames, álcool, trabalhos, dores de cabeça e alegria.
Sem mal notarem acaba um ano e começa outro... de repente são eles os "maus da fita" e sentem na pele a responsabilidade de orientar os agora recém-chegados. Afeiçoam-se mais que o desejado e quando termina a sua tarefa, choram como se seus filhos fossem e os estivessem a ver crescer.
Como corre depressa o tempo...e sem querer estão a dar fitas para a família, amigos e demais colegas assinarem... fitas que significam o fim... o fim desta que não foi sempre mas que ficará para sempre na sua vida... a vida universitária....a vida académica....
Ficam amigos para o resto da vida, lágrimas perdidas, noites mal dormidas, sorrisos espalhados, amores conquistados, bebedeiras apanhadas, serenatas ouvidas, capas pretas atiradas ao ar, desejos para a eternidade, promessas até à morte...e toda uma VIDA DE ESTUDANTE!"

por Hermano Martins

Não fui eu que escrevi, mas podia ter sido... como senti todas estas palavras... uma grande verdade...

2 sementinhas:

su disse...

Gosto muito....Dá vontade de dizer "Oh tempo volta para trás!!"


Beijinhos

Guardiã dos Sonhos disse...

Também tenho tantas saudades...tempo que já não volta!!!

beijinhos*

 
Copyright 2009 O meu Jardim. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com